Apartamento de 2 Dormitórios com 54m² e 1 vaga des

Rua Zilá Oliveira 23, Roseira de São Sebastião, São José dos Pinhais
Cod.: AP0283_SLNO

Localização

  • Rua Zilá Oliveira 23, Roseira de São Sebastião, São José dos Pinhais

Informações principais

  • Imóvel: Apartamento
  • Venda: R$ 159.000
  • Condomínio: R$ 150
  • Área total: 54
  • Área útil: 54
  • Quartos: 2
  • Banheiro: 1
  • Vaga: 1

Dados do anunciante

Arbo imóveis

  • Código do anunciante: AP0283_SLNO
  • Código do Imovelweb: 2954451820
  • panel_licencia_title: J6017
  • Publicado há 5 dias

Descrição

Apartamento de 54m² em São José dos Pinhais, no Bairro Roseira, próximo à Renault.

DESCRIÇÃO:
Área Privativa: 54m²
1° andar
2 Dormitórios
Sala de Estar e Jantar Integradas
Cozinha em conceito aberto
Banheiro Social
Área de serviço

1 Vaga de Garagem Descoberta

DIFERENCIAIS:
Apartamento com ventilação cruzada
Face Norte
Condomínio: R$ 150,00
4 unidades por andar
Prédio com 9 anos

IMEDIAÇÕES:
Renault
Contorno Leste
BR 277
Mercado Barbosão
Mercado Santana
Pizzaria Don Gabriel
Vias de Acesso

O município de São José dos Pinhais e sua criação
Os primeiros europeus que circularam por terras paranaenses eram portugueses e espanhóis em busca de riquezas naturais. Foi de São Paulo que partiram várias expedições para os sertões brasileiros em busca de ouro ou de índios para o trabalho escravo. Uma delas descobriu pequena quantidade de ouro no litoral paranaense e como consequência ali se formou um pequeno povoado. Pouco tempo depois, em janeiro de 1.649, era instalada a Vila de Nossa Senhora do Rosário de Paranaguá.
Procurando descobrir ouro em outras localidades paranaenses, partiram de Paranaguá duas expedições, uma em 1.649 e outra em 1.651. O resultado foi animador, pois Ébano Pereira, chefe das duas expedições, registrava em um relatório a descoberta de ouro em rios do planalto. A notícia da descoberta de ouro nestes rios provocou o surgimento do Arraial Grande, um pequeno povoado situado junto ao Rio do Arraial. Foi ele o primeiro povoado português das terras são-joseenses. Até então, o espaço onde atualmente se localiza o município de São José dos Pinhais, foi ocupado por grupos das sociedades indígenas. Primeiramente foram os povos caçadores e coletores e na época da chegada dos portugueses por grupos que pertenciam às famílias linguísticas dos Jê e Tupi-Guarani. O crescimento do Arraial Grande aconteceu de uma forma rápida e desordenada, pois nele os portugueses pretendiam permanecer somente enquanto houvesse ouro para explorar. Na mesma época do surgimento deste povoado, diversos portugueses se tornaram proprietários de grandes extensões de terras no espaço hoje ocupado pelo Município. Entre eles, estava o Padre João da Veiga Coutinho que se tornou dono das fazendas Águas Bellas e Capocu.
A Fazenda Águas Bellas possuía uma excelente localização, pois era cortada por importantes caminhos percorridos pelos primeiros colonizadores. Foi nesta Fazenda, provavelmente junto à sua sede, que no ano de 1.690 ocorreu a inauguração da Capela de Bom Jesus dos Perdões. A presença da Igreja Católica era importante para o lugar isto porque, na época, a Igreja fazia parte do processo administrativo de colonização. Com a inauguração desta Capela, o espaço são-joseense passou a ter uma autoridade que representava o Governo Português. Pouco tempo depois, no ano de 1.721, o Ouvidor Geral Raphael Pires Pardinho solicitava a eleição das primeiras autoridades para a Freguesia de São José. Na organização administrativa colonial, as freguesias eram povoações que contavam com uma autoridade eclesiástica local e possuíam representantes junto à administração pública da vila a que pertenciam.
O ouro era pouco e por volta de 1.750, sua exploração estava praticamente extinta. Sem outra atividade econômica lucrativa, o crescimento populacional foi muito lento.
Durante todo o século XVIII e a primeira metade do século XIX, a Freguesia de São José possuía uma população pobre e dispersa, onde a grande maioria vivia de uma agricultura de subsistência. Embora fosse esta freguesia uma das maiores da região, ela foi abandonada pelas autoridades locais (Câmara Municipal da Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais de Curitiba), como também pelas autoridades regionais (Capitania de São Paulo e depois Província de São Paulo).
No dia 16 de julho de 1.852, foi sancionada a Lei nº 10 da Província de São Paulo, criando a Villa de São José dos Pinhaes. A sua instalação e a posse solene dos primeiros vereadores ocorreu no dia 08 de janeiro de 1.853. Com a Lei Estadual nº 259, de 27 de dezembro de 1.897, esta vila recebeu a categoria de cidade. Assim, a sede do Município passou a ser a Cidade de São José dos Pinhais.
A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná também criou em São José dos Pinhais alguns distritos administrativos. O primeiro deles, com seus limites citados na Lei Estadual nº 790 de 14 de novembro de 1.951, foi o Distrito de Campo Largo da Roseira. Depois foram criados mais cinco distritos e sancionados pelas seguintes leis: Lei Estadual nº 5.597 de 21 de junho de 1.967, que cria o Distrito Administrativo e Judiciário de Colônia Murici; Lei Estadual nº 7.306 de 13 de maio de 1.980, que cria o Distrito Administrativo de Cachoeira de São José; Lei Estadual nº 8.429 de 12 de dezembro de 1.986, que cria o Distrito Administrativo de São Marcos; Lei Estadual nº 8.431 de 12 de dezembro de 1.986, que cria o Distrito Administrativo de Borda do Campo de São Sebastião; e Lei Estadual nº 8.969 de 02 de maio de 1.989, que cria o Distrito Administrativo de Marcelino.
4 dicas para ajudá-lo a escolher o imóvel ideal para comprar

Não pense apenas em seu status civil atual
Os imóveis são bem duráveis. Por isso, é preciso realizar a escolha pensando não apenas no hoje, mas em seus planos de vida. É possível encontrar casas e apartamentos de tamanhos diversos, e isto influenciará também na quantidade de quartos que o local possui.
Se você pretende morar sozinho, analise se o bem que está prestes a adquirir suprirá suas necessidades pelo menos no médio prazo. Um apartamento de um quarto para uma pessoa solteira, por exemplo, comportará um futuro cônjuge e até mesmo uma criança de berço. Mas se os planos de constituir uma família estão mais próximos à sua realidade, talvez o ideal seja avaliar imóveis de 2 ou mesmo 3 quartos. Desta forma, você já garante um lar que comportará os seus projetos de vida.

Localização é um fator relevante
Verifique se os imóveis que você está de olho são bem localizados. Isto não significa estar em uma área central, mas contar com uma boa infraestrutura ao redor para suprir necessidades rotineiras e imprevistos. Conheça o bairro: verifique se há farmácias, padarias, supermercados, postos de saúde, escolas, bem como uma boa abrangência de transporte público. Isto será necessário e, no final das contas, pode te poupar de grandes esforços.

Avalie se os utilitários atendem às suas necessidades
Quantidade de banheiros, vagas na garagem, elevador, acessibilidade, armários embutidos Cada um tem sua utilidade conforme a necessidade e, por isso, precisa ser levado em consideração. Para quem possui carros ou motos, não ter uma vaga de garagem pode gerar um custo mensal elevado que, no final das contas, sairá muito mais caro do que um investimento um pouco maior por estes itens, por exemplo. O mesmo ocorre se um apartamento não tiver uma área de serviços que comporte uma máquina de lavar. Com a correria do dia a dia, nem sempre é possível lavar as roupas à mão, e a falta de espaço para a lavadora pode gerar um gasto recorrente de lavanderia que inviabilizaria o custeio de todas as despesas. Por isso, atente-se às suas necessidades, calcule tudo na ponta do lápis e faça uma escolha melhor alinhada e viável.

Verifique se o seu sonho se adequa à sua realidade financeira
Você pode sonhar em ter um apartamento maior, com área de serviço, quartos amplos e tudo mais. Contudo, antes de começar a procurá-lo, seja realista: avalie as suas possibilidades financeiras. Até mesmo com uma boa entrada com ajuda do FGTS, financiamentos podem sair altos devido às taxas de juros e ninguém sabe o dia de amanhã.
Por isso, não voe mais alto do que pode. Avalie o orçamento disponível, faça simulações em caso de financiamento e só então vá em busca do imóvel. Desta forma você conseguirá adequar o seu sonho à sua realidade evitando se comprometer com algo que não poderá cumprir.
Atentando-se a estas dicas, certamente você fará um negócio mais vantajoso. Por isso, não deixe de avaliar estes itens!

Venda R$ 159.000

  • Área útil 54
  • Quartos 2
  • Banheiro 1
  • Vaga 1

Completa tu e-mail

Ao enviar, você está aceitando os termos e condições

Contate o anunciante!

Arbo imóveis

MODIFICAR

Ao enviar, você está aceitando os termos e condições

¡Sua mensagem foi enviada ao anunciante!

Não pudemos enviar a mensagem

Denunciar anúncio

Por que você quer denunciar este anúncio?
Nos detalhe mais sua denúncia:

Recebemos sua denúncia

Vamos analisá-la para tomarmos as medidas cabíveis para garantir a qualidade dos anúncios em nosso portal.